30 de setembro de 2011

pequeno coração #28


- Quem me dera que não fosse assim.
- Estou tão revoltada, nem sabes o quanto eu preferia não gostar dele. Preferia que ele nunca me tivesse dado esperanças!
- Patrícia, eu acho que ele no fundo não te vê como uma só mais uma rapariga na vida dele.
- Isso até pode ser verdade Joana. Mas eu não vou mudar os sentimentos dele. Ele não te vai esquecer assim do nada.
- Ele deve estar confuso, Patrícia! Eu não duvido que o André goste de ti...
- Mas duvido eu... Eu nunca lhe escondi nada, Joana! Sempre lhe fui sincera a 100 %, eu dediquei-me de alma e coração a amá-lo. E ele usou os meus sentimentos, para se aproximar da minha melhor amiga...
- Toda a gente erra. Eu sei que estás super magoada, mas deixa esse orgulho para trás! Tu não és feliz, sem ele eu sei disso!
- Eu também sei disso! Mas estou super magoada.
- Eu consegui deixar o meu orgulho para trás e não deixei que os erros do João me dominassem. Toda a gente merece uma segunda oportunidade. Sei que metade das pessoas não compreenderia esta minha decisão, mas eu sei que tu compreendes. Luta, pelo teu futuro. Luta por ti.
- Eu não sou suficientemente forte para isso. Mas vou fazer o melhor... Joana, eu venho já.
- Patrícia, onde vais ?!
- Resolver o meu futuro. Obrigado, por tudo. Nem sei como te agradecer.
- Não dormes cá?
- Vamos ver como as coisas correm. Prometo que te digo alguma coisa!
- Vá, vai lá. Aproveito e ligo ao João.
- Fazes bem, até já!
(...)
- Amor?
- Joana? Pensava que como a Patrícia estava aí, não ligavas.
- Ela saiu.
- Mas ela não ia dormir aí?
- Se calhar ainda vai, depende dos planos.
- Estás-me a baralhar todo, Joana.
- Nós estivemos a falar... sobre o André e ela decidiu lutar pelo futuro dela.
- Fez ela muito bem. Como é que tu estás?
- Muito melhor agora a ouvir a tua doce voz.
- É incrível como eu cada dia me apaixono de novo por ti. Mas não é de admirar, tu és a rapariga mais doce deste universo.
- Não te sei dizer as vezes que te já disse isto, mas nunca é demais, és a melhor pessoa, sabes que te amo com todo o meu coração. És a pessoa que sempre quis amar. E advinha? És meu.

(CONTINUA)

Começo das aulas, vou começar a passar aqui mais frequentemente.
Gostava que escrevessem um comentário com a vossa opinião, significa muito para mim e que clicassem no love or like. :)

10 comentários:

V. Daniela disse...

estou a gostar da tua história, mas esta parte do andre e da patricia não esta a fazer assim muito sentido, na minha opinião, desculpa estar-te a dizer isto, mas não acho justo ele continuar com a patricia gostando da joana.

Soraia disse...

Gostei querida!
Espero que não falte muito para a parte 29 :D

Soraia Jesus disse...

adorei *

letícia* disse...

minha querida, já ando á espera á bastante tempo para que escrevesses esta tua história magnifica :o
andas-te um bocado desaparecida.
mas bom, a história como sempre está espectacular e a levar um rumo diferente!
como sempre AMO ! ♥

Joana Silva disse...

estou a adorar a história querida ;)

Filipa disse...

Ia, mas não sei, tipo.. o blog é o único sítio onde me consigo expressar, entendes?

Anónimo disse...

Adorei *-*
A tua história é linda (L)

alexandra disse...

obrigada anónimo <3

lúciacosta. disse...

princesa, sabes que amo a história, e só soube agora que já tinha saido o 28, e adorei mesmo, continua pff, lembra-te que me quero casar c a história, ela não se pode acabar. :))
beijo, lúcia*

Maria Couto disse...

tipo: amei a história.
tou ansiosa pela novo "pequeno coração".
gostei da música. (:
sigo.